Os suplementos antioxidantes combate os radicais livres, evitando o envelhecimento das células, podendo ocasionar até mesmo tumores.
Estudos científicos demonstram que após sua ingestão, as células conseguem uma maior organização estrutural, não realizando divisões celulares incessantes.
Essas divisões constantes são conhecidas como mitose, que podem prejudicar a saúde do indivíduo, atuando na formação de tumores.

A Vitamina C é um dos antioxidantes mais populares, encontrada principalmente em frutas cítricas, como por exemplo abacaxi, caju, laranja, limão e acerola.
No entanto, vale ressaltar que mesmo estando presente na alimentação, é muito difícil alcançar a quantidade ideal de antioxidantes diária.

Os antioxidantes previnem diversas patologias, trazendo muitos benefícios á saúde do indivíduo. Dentre essas patologias evitadas, pode-se destacar: envelhecimento precoce das células, câncer, doenças pulmonares, Alzheimer, doenças cardiovasculares e aterosclerose.Há dois tipos de antioxidantes, que iremos explicar a seguir:

Antioxidantes Endógenos

São produzidos pelo próprio organismo de forma natural. Para que essa produção não seja comprometida, os níveis de ansiedade e estresse devem estar bem controlados, além de ser indispensável uma alimentação regrada e rica em micronutrientes.

Antioxidantes Exógenos

São obtidos através de uma alimentação balanceada, sendo em maior abundância na corrente sanguínea as Vitaminas A, C e E. Além disso, alguns nutrientes como selênio, zinco, licopeno, cobre, carotenóides e flavonóides.
Os antioxidantes também atuam na prevenção de linhas de expressão e rugas. Os princípios ativos

existentes nos antioxidantes, são: Vitamina A, Vitamina C, Vitamina E, extrato de blueberry, extrato de arroz roxo e phloretin.
Em suma, os benefícios oferecidos pelos antioxidantes são: auxilia na circulação do sangue, fortalece o cabelo e unhas, redução de cicatrizes, anti-inflamatório que combate erupções cutâneas, combate ao estresse celular, prevenção de doenças cardíacas e câncer.

Essa substância pode ser encontrada também em produtos de uso tópico, como cremes dermatológicos. Com isso, há uma diminuição das tão temidas rugas, além de um rejuvenescimento considerável da cútis.

Alguns hábitos também podem atrapalhar a produção de antioxidantes, como por exemplo: excesso de bebida alcoólica, contato constante com a poluição, uso de drogas ilícitas, tabagismo, excesso de atividades físicas, exposição excessiva á radiação solar e sedentarismo.
Por esse motivo, é essencial realizar a suplementação de antioxidantes, evitando muitos efeitos negativos na saúde do indivíduo.

COENZIMA Q10

A partir da suplementação de Coenzima Q10, há uma maior produção de antioxidantes, atuando diretamente no combate aos radicais livres, evitando o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de muitas doenças. A partir de sua ingestão contínua, haverá uma regulação da pressão arterial, maior oxigenação dos tecidos, regeneração muscular mais eficiente, proteção e hidratação da pele.

Neste produto existe um elemento conhecido como fibroblastos, que estão associados a síntese de colágeno. O colágeno é indispensável na manutenção de uma pele saudável, oferecendo hidratação e firmeza.
No entanto, como qualquer outro produto deve ser ingerido apenas sob orientação médica, com o intuito de evitar possíveis efeitos colaterais.

Ou seja, os antioxidantes são extremamente importantes para a saúde humana, ocasionando benefícios físicos e mentais.
Conciliar uma alimentação balanceada e uma suplementação adequada é a alternativa ideal para suprir as necessidades desses antioxidantes, combatendo os radicais livres.