Embora a gestão de condomínios seja semelhante à gestão de outros tipos de propriedades, os condomínios apresentam desafios únicos. É por isso que os especialistas em condomínios elaboraram esta lista de dicas para economizar tempo.

Observe que algumas dessas dicas se aplicam apenas se você for responsável por todo o edifício, em vez de uma única unidade.

1. Comunique-se com os inquilinos do condomínio

Os melhores administradores de condomínios e mantenha uma linha de comunicação aberta com seus inquilinos e visitantes. A rapidez com que você responde a questões como luminárias quebradas e quedas de energia cria uma impressão duradoura de você, para melhor ou para pior.

Uma estratégia que você pode usar é fornecer aos residentes em uma caixa de correio particular, linha direta de telefone ou endereço de e-mail específico para enviar preocupações, melhor ainda é utilizar de um software administração de condomínios para essas demandas.

Você pode se surpreender com a rapidez e facilidade com que eles aceitarão esse sistema. Confie em nós – as pessoas irão alertá-lo quando um outro residente estiver violando as regras do condomínio.

2. Manutenção preventiva de edifícios

Uma grande parte de suas funções de gerenciamento de propriedade de condomínio são tarefas de manutenção mensais mundanas, mas essenciais. Áreas de alto tráfego – corredores, elevadores e saguões de recepção – tendem a exigir cuidados frequentes. A realização de verificações preventivas pode economizar milhares de reais em contas de reparos.

3. Execute verificações de antecedentes dos inquilinos

Locatários de qualidade ajudam a comunidade de um condomínio a prosperar, mantêm a diretoria e os vizinhos felizes e facilitam seu trabalho. A melhor maneira de garantir um fluxo constante de tais residentes é verificar os antecedentes de todos os possíveis inquilinos.

Além dos históricos criminais e de crédito óbvios, você também deve procurar um possível histórico de perda de depósitos, aluguel atrasado e quebra de regras de propriedade.

4. Conheça a comunidade do seu condomínio

Sempre que você gerencia uma propriedade com várias unidades, precisa conhecer a comunidade. Isso é especialmente verdadeiro com condomínios, uma vez que, de muitas maneiras, eles são democracias autônomas. Considere que centenas de pessoas podem viver em um complexo de 100 unidades; essa é a população de uma pequena cidade.

Verifique regularmente as atas das reuniões da associação do condomínio. Pergunte aos residentes sobre o tom da política da associação sempre que surgir a oportunidade. Manter o controle sobre os conflitos da comunidade e quaisquer brechas internas no quadro o ajudará a navegar em futuras situações difíceis.

5. Contrate gerentes de propriedade de condomínio

Lidar sozinho com tudo o que é necessário para o gerenciamento de imóveis para locação exige muito trabalho e tempo. Se você tiver problemas intimidantes ou se a carga de trabalho ficar muito grande para suportar, é melhor fazer parceria com profissionais.