Ter um acompanhamento odontológico é muito importante durante toda a vida. Quando somos crianças, o profissional que nos atende é um especialista da odontopediatria. Porém, você sabe o que faz, exatamente, esse profissional?

Pensando em responder essa dúvida, bem como auxiliar em diversas outras questões, criamos este artigo. Por isso, continue a leitura e entenda o que faz um profissional da odontopediatria, além do melhor momento para iniciar o tratamento!

O que é odontopediatria?

Quando as crianças vão ao médico, seja por uma situação de urgência ou então para acompanhamento de rotina, o profissional mais indicado para atendê-las é o pediatra, que já é um velho conhecido da maioria das pessoas.

Bom, no mesmo sentido, o odontopediatra é o profissional da área da odontologia, que se especializou ou possui uma maior capacidade para atender pessoas mais novas, desde bebês até adolescentes.

Obviamente que nesse intervalo de tempo as pessoas ainda estão em desenvolvimento, o que inclui a formação da arcada dentária. Quando crianças, por exemplo, as pessoas possuem dentes de leite, que naturalmente vão caindo, até que os permanentes nasçam.

Dessa forma, determinar que um odontopediatra atenda as pessoas dessas faixas etárias é muito importante, pois ele terá alguns atributos importantes para lidar com essas pessoas, tais como:

  • Saber qual é o comportamento de cada um;
  • Dar recomendações importantes;
  • Saber escolher os melhores tratamentos;
  • Entender como trabalhar as consultas nessa fase de desenvolvimento.

O campo de atuação de um odontopediatra é totalmente semelhante ao de um dentista comum. A principal diferença é justamente a faixa etária que será atendida.

Entenda qual a importância do acompanhamento

Ter uma saúde bucal de qualidade, bem como um sorriso estruturado, é o desejo de qualquer um. É justamente por isso que é importante que os pais incentivem seus filhos a cuidarem dos dentes desde cedo, para que não seja necessário o uso de aparelhos corretivos.

Visando que, futuramente, os filhos se preocupem apenas com um clareamento dental ou outro procedimento estético simples.

Ademais, com um acompanhamento odontológico, mesmo ainda quando bebês, as pessoas crescem com maior consciência da importância de cuidar bem dos dentes, e de como ter hábitos de rotina relacionados à alimentação adequada e a higienização bucal qualificada.

Apesar de diversos tratamentos odontológicos estéticos serem muito eficazes e realmente atuarem para qualificar, essencialmente, a beleza do sorriso, eles podem acabar sendo muito caros, prejudicando a saúde financeira das pessoas.

Claro que não estamos falando de todos, pode ser que se você pesquisar, por exemplo, ‘quanto custa um clareamento dental?’, seja possível encontrar serviços com um ótimo custo-benefício.

O que os odontopediatras podem recomendar?

Como dissemos, tratamentos estéticos odontológicos podem ser interessantes em diferentes situações, seja por beleza ou por necessidade, já que é comum que as pessoas acabem sofrendo com problemas no desenvolvimento e na estruturação da arcada dentária.

Por isso, existem alguns tratamentos que podem ser desenvolvidos pelos odontopediatras e direcionados para os pacientes, especialmente para as crianças e adolescentes. Conheça alguns exemplos a seguir:

Aparelhos

Obviamente você já encontrou alguém próximo que usava algum tipo de aparelho, seja um aparelho móvel, fixo ou aparelho dental invisivel.

Afinal, esses são os instrumentos mais utilizados na área da odontologia, pois são úteis para diversos tipos de problemas estruturais na formação da arcada dentária, como a separação dos dentes, mordida cruzada, bruxismo, entre outras.

Cada modelo de aparelho age de uma maneira. Muitas vezes, inclusive, acontece uma troca de aparelho durante o tratamento, por exemplo: uma criança passa um certo período utilizando um aparelho fixo, que é um modelo mais agressivo e potente.

Depois de apresentar bons resultados, o dentista opta por substituir o fixo pelo aparelho invisivel, ou seja, dando sequência ao tratamento, mas com um modelo diferente.

Lente de contato

Outro tipo de tratamento que está caindo cada vez mais na graça dos profissionais da área da odontologia, essencialmente pela eficácia, qualidade e leveza do tratamento, é o procedimento de recuperação da estrutura dos dentes utilizando lente de contato dental.

Esse tratamento se assemelha ao de aparelhos odontológicos, mas possui algumas diferenças importantes. Primeiramente, ele pode ser aplicado em apenas um dente, ou seja, não existe a necessidade de abranger toda a arcada dentária.

Além disso, é um tipo de tratamento mais discreto, tendo em vista que a lente é quase que imperceptível. Claro, que o profissional saberá a melhor idade e o melhor momento para apostar nesse tratamento, sempre visando a saúde dos seus pacientes.

Considerações finais

Conhecer esses e outros tipos de tratamentos pode ser importante na hora de definir se o seu filho usará ou não os diversos métodos disponíveis.

Ademais, algumas pesquisas rápidas na internet, como quanto custa lente de contato dental, podem ser o suficiente para que você encontre mais informações a respeito desse modelo de procedimento odontológico, bem como de diversos outros.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.