O computador e o celular se tornaram não só uma grande fonte de entretenimento, com jogos e plataformas de streaming, mas também ferramentas de trabalho – especialmente com tantas pessoas trabalhando de casa devido ao contexto atual da pandemia causada pela COVID-19.

A maior parte dos aplicativos e recursos que utilizamos precisam de uma conexão estável de internet para funcionar, do contrário, vídeos não carregam, mensagens não são enviadas nem recebidas e, além disso, smart TVs e dispositivos como Chromecast não conseguem realizar transmissões. 

A maior parte dos planos contratados hoje em dia é de internet fibra ótica, uma tecnologia que oferece uma conexão veloz e com menos instabilidades. Portanto, se sua internet for de fibra óptica e estiver lenta – fique atento! Pode ser que sua operadora não esteja fornecendo o mínimo da velocidade contratada de internet (80%), conforme exigido pela Anatel. 

E como medir a velocidade da internet? Existem algumas ferramentas disponíveis no computador e também no celular para realizar esse teste e saber se a velocidade da sua internet está dentro do limite contratado ou se há algum problema na rede local que precisa ser solucionado. 

É importante entender algumas ferramentas e informações que fazem parte dos resultados dos testes para compreender os números e chegar a uma conclusão, são elas:

  •     Ping: o Ping é a latência da conexão e indica o tempo necessário para que os dados façam uma ida e volta entre seu computador (ou celular) e o servidor de teste de velocidade. Aqui, quanto menor o resultado, mais consistente é sua conexão.
  •     Jitter: sabe quando falamos que a internet está “congestionada”? É exatamente a isso que o Jitter se refere. Ele representa a variação com atraso na entrega de dados de uma rede e é medido pelos testes de ping.
  •     Velocidade de transferência: esse dado se refere à velocidade em que os arquivos são transferidos, ou seja, download e upload. Caso tenha notado que seus downloads estão demorando muito, fique atento a esses dados, mas não se esqueça de que utilizar algumas ferramentas pode reduzir a velocidade da conexão, como por exemplo, torrentes.

Agora que você já sabe como ler os resultados, vamos para algumas dicas e ferramentas para medir a velocidade da internet: 

Brasil Banda Larga

A Anatel possui o seu próprio teste de velocidade no site Brasil Banda Larga. A EAQ (Entidade Aferidora de Qualidade de Banda Larga) foi criada para dar suporte ao acesso à internet em banda larga fixa e móvel no Brasil. 

Para testar, basta clicar no botão “INICIAR TESTE” e aguardar o resultado. Para ter um resultado ainda mais preciso, conecte um cabo de rede entre seu modem e seu computador.

O teste da Anatel é bem completo e fornece informações importantes como o Ping, Jitter, região do seu servidor e região do teste, velocidade de download e upload. Além de acessar através do computador, o Brasil Banda Larga também pode ser acessado através do aplicativo para celular, disponível para Android e iOS.

Fast.com

O Fast é um site criado pela Netflix que realiza o teste de conexão de forma automática – ao abrir o site, o teste já é iniciado. Porém, é uma versão mais simples e o dado principal exibido é a velocidade de download. Ao clicar em “Mostrar mais informações”, também é possível ver a latência (Ping) e a velocidade de upload.

O Fast pode ser utilizado tanto no computador quanto em celulares, sem a necessidade de baixar um aplicativo: basta acessar o endereço e o teste terá início de forma automática.

SpeedTest

Uma das ferramentas mais famosas para medir velocidade da internet é o SpeedTest. Através dessa plataforma, você pode escolher um servidor para testar sua conexão clicando em “Configurações” ou deixar que ele selecione de maneira automática. Dessa forma, ele identifica o servidor mais próximo da sua região para que a velocidade seja medida com precisão.

Clicando em “Iniciar”, o SpeedTest fará 3 rodadas de teste para identificar os seguintes dados principais: ping, velocidade de download e velocidade de upload. Após finalizar, os resultados serão exibidos na tela para que você analise. Além de medir velocidade da internet, nesta plataforma também é possível comparar resultados, caso você tenha realizado testes anteriormente ou queira realizar no futuro. Basta clicar em “Resultados” e você terá acesso ao seu histórico de testes. Dessa forma, você tem em mãos informações para comparar dados e identificar oscilações e possíveis problemas na sua conexão de rede.

O SpeedTest pode ser utilizado no computador e também está disponível para celulares. Basta baixar o aplicativo, disponível para Android e iOS.

Agora você está pronto e tem todas as informações e ferramentas para medir velocidade da internet! Realize todos os testes e fique atento aos resultados para identificar se existe algum problema no fornecimento de internet pela sua operadora ou na rede local. Não se esqueça de conferir o contrato da operadora para saber exatamente o plano que você contratou e qual é o limite mínimo ela pode oferecer. Dessa forma, você compara os dados obtidos com o serviço comprado e, caso ele não esteja dentro do estipulado, você pode formalizar uma reclamação diretamente na Anatel ou no Procon da sua cidade.