Segundo dados do Vigitel de 2020, o percentual total de brasileiros fumantes com 18 anos no país é de 9,5%. 11,7 % dessas pessoas são homens e 7,6 % são mulheres. 

Embora ainda seja um número muito alto, que representa centenas de milhares de pessoas, ele vem caindo ao longo dos anos. Em 2013, a porcentagem de fumantes estava por volta dos 14% e em 2019, cerca de 12% dos brasileiros fumavam.

Essa queda pode ser explicada por inúmeros motivos, mas principalmente pela conscientização dos malefícios do tabagismo. Não é novidade para ninguém que o vício em cigarro faz muito mal à saúde.

Principalmente a longo prazo. Esse vício pode levar uma pessoa saudável a desenvolver uma série de doenças, como vários tipos de câncer – como o de pulmão, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia, entre outros. 

Além das doenças do aparelho respiratório, como a enfisema pulmonar, bronquite crônica, asma e muitos outros exemplos. Contudo, mesmo sabendo de tudo isso, parar de fumar é mais difícil do que parece.

Estima-se que mais da metade dos fumantes desejam parar de fumar, mas não conseguem. Esse é um desafio complexo que envolve aspectos físicos, mentais e sociais.

Se você está lendo esta matéria, podemos considerar que há uma grande chance de você ser uma dessas pessoas que estão tentando parar de fumar ou conhece alguém que está enfrentando este desafio e quer ajudar. 

Para auxiliar, vamos passar algumas informações que ajudarão as pessoas a pararem de fumar. Embora seja um momento único, em que cada pessoa age de uma forma, essas dicas podem facilitar o processo. 

Acompanhe.

Dicas para te ajudar a parar de fumar em 2022

Parar de fumar é uma das metas principais das pessoas para este ano. Contudo, isso pode ser mais difícil do que pensam. De qualquer forma, a principal dica para facilitar esse processo é que você tome a decisão de parar de fumar.

Pode parecer óbvio, mas só consegue parar com o vício quem realmente quer isso para a sua vida, por seus motivos pessoais. Ou seja, sem ser por pressão de outras pessoas, apenas porque você tomou a sua decisão sobre isso.

Outro fator importante é o apoio de amigos e familiares. Com o incentivo das pessoas que amamos, tudo se torna mais fácil, não é mesmo? Ao parar de fumar isso não é diferente.

O terceiro fator de grande importância é adotar hábitos que aliviam a necessidade de fumar. E é neste ponto que vamos atuar ao longo deste conteúdo. No entanto, antes, precisamos salientar que cada pessoa tem seu próprio processo.

Infelizmente, não existe uma fórmula mágica para acabar com esse vício. São diversos os caminhos possíveis para esse objetivo e cada pessoa vai encontrar um que funcione melhor para ela.

Nosso papel aqui é indicar esses possíveis trajetos e você escolhe qual mais faz sentido na sua vida. Vai testando até encontrar uma forma que te ajude a se livrar desse vício.

Se preferir, é válido contar com apoio profissional também. Agora, com tudo isso esclarecido, vamos às dicas.

Elimine os gatilhos do ato de fumar

Uma das principais dicas de como parar de fumar é fazer algumas mudanças na sua rotina para conseguir tirar todos aqueles hábitos e costumes que te levem a fumar automaticamente. 

Por exemplo, elimine os cinzeiros da casa, acabe com aquele cantinho do cigarro, se você fuma no carro, deixe o maço em casa quando sair de carro, entre outros exemplos. 

Avise familiares e amigos para não te convidarem mais para fumar e tente ir aumentando os intervalos de tempo entre um cigarro e outro. 

Torne o momento de fumar ser menos prazeroso

Um dos principais gatilhos relacionados ao cigarro é que fumar está associado a um momento agradável, como a pausa no trabalho ou a cervejinha no happy hour. Portanto, uma dica legal é desassociar o ato de fumar e o prazer.

Ou seja, se você costuma fumar na companhia dos amigos, comece a fazer isso sozinho em um momento que seria muito mais legal estar em outro lugar, por exemplo. 

Outra dica é fumar apenas em locais pouco interessantes ou que você não goste para tornar esse hábito menos interessante para a sua rotina. A próxima dica divide opiniões, mas vem ajudando bastante pessoas a parar com esse vício.

Troque o cigarro pelos vapes

Os cigarros eletrônicos estão na moda e muitos estão usando esses produtos para parar de fumar. Isso porque há modelos com um pouco de nicotina, o qual permite que a pessoa vá parando aos poucos de ser dependente deste elemento.

Há opções também de cigarros eletrônicos sem nicotina. Eles são legais para substituir o hábito de fumar. Ao invés de acender um cigarro que é extremamente maléfico para a saúde, a pessoa vaporiza um vape com gosto de morango, por exemplo.

Embora o hábito ainda exista, é com um elemento muito menos prejudicial. Ideal para ir parando aos poucos de fumar também.