Sempre que pensamos em vender mais a primeira coisa que vem a mente é promoção. Mas será que essa é realmente a única ou melhor maneira de melhorar as vendas do seu estabelecimento?

Nem de longe mexer no preço é a única opção para atrair os clientes e aumentar as vendas. Inclusive, quanto menos você fizer isso, mais atrativo será essa estratégia, pois os clientes vão entender que não é sempre que eles têm essa oportunidade.

Por isso, é inteligente utilizar outras maneiras de aumentar os ganhos do seu restaurante, lanchonete, café.

Entenda o que você pode fazer de maneira contínua para ver seu lucro crescer.

1) Controle de estoque

Estoque do restaurante

A primeira dica é uma tarefa básica, mas que muitos restaurantes não fazem.

Controlar quanto tempo em média leva para você vender os produtos da sua empresa evita que a mercadoria ou os ingredientes fiquem muito tempo parados nas prateleiras, ou ainda, vençam sem nem sair do estoque.

O controle dessas informações pode ser feito de duas formas: manualmente por meio de planilhas – o que exige que seja feito com atenção em decorrência da grande chance de falha na frequência dos registros.

E a mais recomendada que é por meio de sistemas de controle automatizados, que atualizam os itens automaticamente sempre que uma nova compra ou saída é registrada.

Produto ou ingrediente parado significa também capital imobilizado, e quanto menos itens parados seu negócio tiver, menos capital estará parado.

Mas lembre-se, deixar o estoque muito enxuto também pode gerar perda nas vendas se algum item não estiver disponível quando o cliente desejar comprar.

Por isso, fazer o controle de estoque é tão importante para otimizar as vendas e não ter prejuízos nesse processo.

2) Fidelização

Existem várias maneiras de fidelizar os clientes, e todas elas começam com o bom atendimento.

Para restaurantes e estabelecimentos do setor de alimentação, a qualidade no atendimento pode ser transmitida de várias formas:

  • Na atenção a origem dos ingredientes que vão compor os pratos (e que devem ser transmitidos ao consumidor final)
  • Na forma de preparo dos alimentos que pode conquistar e surpreender pelo sabor
  • No uso de embalagens personalizadas e com ótimo desempenho, tornando a experiência no delivery única
  • Nas etapas de atendimento, incluindo sugestão de pratos e combinações a fim de refinar a experiência do cliente

Outra característica importante relacionada a fidelização é conhecer muito bem seu público-alvo.

Entender o que eles gostam, o que esperam, o nível de importância da experiência de comer fora para eles, se o seu restaurante é para situações corriqueiras ou comemorações, etc.

Tudo isso vai auxiliar a oferecer o melhor atendimento, de acordo com o que o cliente espera do seu negócio, aumentando a satisfação e também a fidelização.

3) Produtos agregados

Outro benefício de conhecer muito bem seu produto e clientes é poder investir em produtos agregados e combos que elevam o preço da venda para você, ao mesmo tempo que elevam a satisfação do cliente.

Não à toa, a combinação de hambúrguer com batata frita é tão emblemática. Trata-se de uma venda agregada que gera valor para o estabelecimento e prazer para quem consome.

E a combinação funcionou tão bem que, aqui no Brasil, alguns estabelecimentos começaram a inovar: tem gente combinando hambúrguer com palitos de polenta frita ou mandioca, com os anéis de cebola e até com chips de banana da terra.

Tudo isso atrai o consumidor!

No espaço físico, também dá pra agregar valor disponibilizando itens do seu negócio que os clientes podem levar para casa.

Por exemplo, uma geleia de pimenta ou aquele molho de alho que faz muito sucesso. Sucos naturais preparados no local quando embalados numa garrafinha bonita viram um ótimo produto pra viagem.

É hora de pensar: quais produtos você pode investir para agregar valor às vendas?

4) Relacionamento

Redes sociais

As redes sociais além de ampliar o contato com os consumidores, também escancararam que muitos estabelecimentos estavam despreparados para atender seus clientes em canais digitais.

Instagram, WhatsApp, Facebook e até mesmo TikTok são ótimos canais para explorar o relacionamento com os clientes de uma forma muito mais transparente do que já foi até poucos anos.

Além de ser uma valiosa estratégia de marketing, dá pra usar as redes sociais para se aproximar dos consumidores por meio de:

  • Publicações que mostram os alimentos in natura e os momentos antes do preparo
  • Enquetes e caixinhas de perguntas para saber o que seus clientes desejam ou o que eles acharam de um novo sabor
  • Interações que permitam que os consumidores votem quais pratos sazonais devem entrar no cardápio
  • Pós-vendas para saber como foi a experiência do cliente e como sua marca pode melhorar
  • Entre outras coisas

Outra maneira de investir no relacionamento com o cliente é investir nas embalagens. E você sabe quais são as melhores embalagens para delivery?.

Algumas coisas que você deve considerar para identificar qual a melhor embalagem para você são:

A possibilidade de personalizar as embalagens. Frases e mensagens que geram engajamento auxiliam a demonstrar o quanto a sua empresa se importa com a experiência do delivery, e não somente com quem consome no local.

Uma dica que se torna ainda mais valiosa diante da necessidade das pessoas adotarem um novo padrão de comportamento, no qual é preferível consumir em casa a fim de manter o distanciamento.

Nessa hora, embalagens que não transferem a gordura para as mãos, embalagens anti vazamento que possibilitam entregar alimentos cremosos e com molho com muita mais segurança, tampas que lacram e protegem os alimentos são diferenciais valorizados.

E não somente isso. As embalagens fazem parte da apresentação do prato, só que na casa do consumidor. 

Por isso, investir nas caixinhas que vão levar o alimento até a moradia do cliente é também uma forma de investir no relacionamento duradouro entre ele a sua marca.

5) Cartão “cliente fiel”

Essa é possivelmente a mais clássica das estratégias, mas que nunca perde o sentido ou validade.

Considerando o crescimento no número de opções de estabelecimentos, as redes sociais que auxiliam a alcançar cada vez mais pessoas, ter um cartão de cliente fiel não é apenas uma estratégia, mas um presente para o consumidor.

Isso porque com tantas opções disponíveis, saber que ele prefere comprar do seu estabelecimento indica um nível de satisfação e fidelização que merece ser recompensado.

E nessa hora, nada de tornar o prêmio inalcançável. 

Enquanto para alguns empreendimentos como sorveteria faz sentido comprar 10 vezes para receber um produto gratuito, para outros locais com valor agregado maior, é interessante avaliar a quantidade de vezes necessárias para que o cartão fidelidade não deixe de ser interessante.

O controle também pode ser feito de maneira digital, por exemplo, se o seu estabelecimento tem um site próprio para pedidos.

São várias as opções para melhorar as vendas do seu estabelecimento, aumentar a fidelização e manter o seu cliente sempre pertinho.

Agora que você aprendeu que nem sempre é preciso e inteligente mexer no preço, que tal colocar algumas dessas dicas em prática?